Renato Henrique Coutinho/ Elanir Souza Marques/ Foto: divulgação

O setor de segurança do Centro de Ressocialização Cone Sul, localizado às margens da BR-364, em Vilhena, registrou na tarde de domingo, 11, a evasão de dois reeducandos classificados como “laborais”, que realizavam serviços na oficina da unidade prisional.

De acordo com diretor do presídio, na hora da contagem dos detentos, os policiais penais perceberam a falta de Renato Henrique Coutinho, 24, anos e de Elanir Souza Marques, de 46, que trabalhavam como soldador e funileiro em projetos de reinserção social, que nunca tinha registrado uma fuga.

Segundo informações levantadas pela reportagem do Extra de Rondônia, Renato cumpria pena por tráfico de drogas internacional, pois foi preso tentando entrar no país com entorpecente oriundo do Paraguaia e possui uma história de vida impressionante, pois quando criança foi adotado por uma mulher que teve a casa assaltada por ele e se compadeceu de sua situação.

Devido ao bom comportamento de ambos, os presos foram destinados aos projetos de redução de pena, trabalhando na oficina da unidade e acabaram se aproveitando dos privilégios garantidos por lei para se evadirem, o que os levam a perder todos os benefícios alcançados, caso sejam recapturados.As imagens foram divulgadas pelo diretoria da unidade.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO