Foto: Ilustrativa

Uma residência localizada no bairro Assossete, em Vilhena, onde morava um traficante preso pela Polícia Militar na última sexta-feira, 09, juntamente com um servidor da Prefeitura Municipal de Pimenteiras, foi totalmente destruída por um incêndio e  a proprietária acredita que tudo ocorreu por ato criminoso.

Segundo informações levantadas pela reportagem do Extra de Rondônia, a casa ficou vazia após a prisão do inquilino e na noite do dia seguinte o imóvel foi incendiado.

De acordo com a dona do imóvel, que registrou o caso na Delegacia da Polícia Civil no final da manhã de terça-feira, 13, ela acredita que o incêndio foi criminoso, pois a ex-esposa de seu atual companheiro, com quem esta casada a cerca de 2 anos, já havia prometido atear fogo na casa e teria se aproveitado que o local estava vazio após a prisão do inquilino e concluído seu intento.

O caso foi registrado somente dois dias depois, devido a proprietária morar fora da cidade.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO