Bancada federal de Rondônia / Imagem: Rondônia Dinâmica/Extra de Rondônia

Nesta quinta-feira, 15, o Congresso Nacional aprovou projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022 e, o seu texto, ampliou os recursos para o fundo eleitoral para uso nas eleições de 2022, no patamar de R$ 6 bilhões, o triplo usado nas eleições de 2020, que ficou em torno de R$ 2 bilhões (leia mais AQUI).

A bancada federal de Rondônia se posicionou da seguinte forma. Com relação aos deputados federais, os favoráveis foram: Jaqueline Cassol (PP), Lúcio Mosquini (MDB), Mariana Carvalho (PSDB), Sílvia Cristina (PDT) e Coronel Chrisóstomo (PSL). Votaram contrários: Léo Moraes (PODE), Expedito Netto (PSD) e Mauro Nazif (PSB).

Entre os senadores, foram favoráveis Confúcio Moura (MDB) e Marcos Rogério (DEM), enquanto que Acir Gurgacz (PDT) não votou.

Em mensagem ao Extra de Rondônia, o advogado Caetano Neto, que mora em Vilhena, criticou os parlamentares que se posicionaram favoráveis. “Atuaram ao modelo de “’moco’, ou seja, desentendidos, aprovando a LDO ao estilo ‘votar sem olhar seu conteúdo’ e vão surrupiar dos recursos públicos R$ 6 bilhões para torrar na campanha eleitoral de 2022”, desabafou.

O causídico pede que cada cidadão em Rondônia registre seu repúdio na rede social. “O que era uma farra com o dinheiro do povo em campanha eleitoral, agora, virou escárnio financeiro”, afirma.

E completou: “O pagador de impostos (povo), mais uma vez, é tratado como mero detalhe eleitoral e a medida revela  total desrespeito ao cidadão brasileiro que paga imposto abusivo no consumo de energia, imposto sobre a gasolina, imposto no que consome nas prateleiras de supermercados e de contrapartida. Vamos ver, mais uma vez, recursos públicos custear santinhos, abastecimento de carros dos candidatos, contratação de cabos eleitorais, produção para a campanha e muitas, muitas  ‘notas fiscais frias’,  justificando despesas eleitoral”, disse o Caetano, que é presidente da Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania em Rondônia.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO