Léo Moraes / Foto: Divulgação

O deputado federal Léo Moraes afirmou em suas redes sociais que o Senado aprovou na quarta-feira 14, o projeto que prevê propaganda partidária paga no rádio e na TV. Propaganda partidária que foi extinta em 2017 e agora está com meio caminho andado para retornar.

A propaganda partidária é diferente da propaganda eleitoral, pois a mesma tem o objetivo de divulgar, por exemplo, as ações das legendas partidárias. Já a propaganda eleitoral, serve para promover as candidaturas. Em resumo, apenas mais um custo para o bolso da população.

“É vergonhoso o que estão fazendo nos últimos meses, aprovando matérias que aumentam cada vez mais as regalias e mordomias dos Políticos, enquanto a população que banca tudo isso está com dificuldades até de comer”, afirmou o deputado.

Léo afirmou ser contra o projeto e que irá votar contra quando chegar a oportunidade para votação.

“Por isso sou totalmente contra o projeto, já havia me posicionado no ano passado, quando houve tentativa de votação, e permaneço com o mesmo pensamento: A população não pode pagar mais essa conta. Seja em pandemia ou não, apenas não é justo aumentar os gastos em algo supérfluo, quando o ideal era destinar em ações para a população”, concluiu Léo.

Foto: Divulgação
sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO