Prédio da Câmara de Cacoal / Foto: Extra de Rondônia

Em áudio que circula neste domingo, 25, em grupos de WhatsApp, em Cacoal, o ex-vereador Nilton César da Mata, o “Professor Nilton”, faz críticas ao prefeito Adailton Fúria (PSD) e aos atuais parlamentares do município.

Ele analisou o caso da prestação do Serviço de Terapia Renal Substitutiva (hemodiálise) que virou uma novela no município, chegou a ser denunciado no Ministério Público e foi parar na Justiça. A prefeitura, através da secretaria municipal de saúde, alegou que não tem medido esforços para manter os serviços de terapia renal substitutiva de acordo com as normas legais vigentes, mas que odos os serviços de saúde passam por grandes dificuldades no que se refere a aquisição de insumos, fato este que ocorre por conta de indisponibilidade de matéria prima, e baixo estoque regulador, além de eventual risco de contaminação, não troca dos filtros de bactérias, compra de medicamentos não autorizados, falta de cateteres, entre outros.

Nilton colocou em xeque a independência e o trabalho fiscalizatório dos parlamentares.

“O prefeito fez aquilo que sabe fazer do melhor: firula, barulho e nada resolvido. Agora o que me estranhada também é que os vereadores fiscalizem as unidades básicas de saúde. tudo promessa que foi feita no período de campanha que teria renovação. Não vejo nenhum vereador falar nada. Eles só elogiam o prefeito. Não consigo entender o que está acontecendo. O queria saber o que o prefeito fez para que esses vereadores fiquem dessa forma. Esses vereadores, infelizmente, não têm feito isso. Nem mesmo a oposição. São superficiais, apesar de terem argumentos. As pessoas diziam que o legislativo passado, à qual eu fiz parte, era um dos piores. Mas eu acredito que esse Legislativo atual está conseguindo superar. Os caras são fracos pra caramba”, desabafou.

Também através dos grupos, o prefeito respondeu o ex-parlamentar. “Se tivesse feito a parte dele quando era vereador, com certeza a realidade hoje era outra. Seria melhor ele mostrar a realidade de fato, sem atacar as pessoas”, disse o mandatário municipal.

O vereador Edimar Kapiche (PSDB) também respondeu o ex-colega. “Cada um tem sua maneira de atuação e a gente precisa respeitar isso. O companheiro esteve 4 anos no Legislativo, mas houve algumas situações que a gente esperava mais. Tive essa iniciativa de criar a Frente Parlamentar de Vereadores para poder analisar esses casos do setor de saúde que são responsabilidades do Estado. Estive esta semana em Porto Velho em reunião com o conselho estadual de saúde onde confrontamos o secretário estadual de saúde”, destacou.

 

 

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO