Vereadores em reunião com o deputado estadual Neidson de Barros / Foto: Divulgação

O respeitado jornalista Waldir Costa, da capital, em sua coluna “RD Política” publicada nesta terça-feira, 27, no site Rondônia Dinâmica, questionou o que chamou de “novo trenzinho da alegria” de um grupo de vereadores de Cacoal que, na semana passada, esteve em Porto Velho.

Edimar Kapiche (PSDB), Magnison Mota (PSC) e Luiz Fritz (PSD) estiveram na capital no período de 19 a 23 de julho, justificando agenda de reuniões em prol do município.

Na coluna, o comunicador indagou a respeito do deslocamento dos parlamentares em pleno recesso legislativo (que vai até 1º de agosto), quando alguns órgãos públicos estão fechados.

A viagem recente dos vereadores de Cacoal, Edimar Kapiche (PSDB), Magnison Mota (PSC) e Luiz Fritz (PSD) a Porto Velho, para “conhecer” a Câmara Municipal e “visitar” o Conselho Estadual de Saúde conforme publicaram nas redes sociais, é no mínimo hilária. Assembleia Legislativa e câmaras de vereadores estão em recesso legislativo e só retomam os trabalhos normais na próxima semana. Se a viagem dos “nobres pares” à capital não teve custos para o legislativo municipal, ou seja, para o povo de Cacoal, que mantém o quadro de servidores do executivo e do parlamento mirim, ótimo, apesar de o momento ser de utilizar a internet, devido a pandemia e não para viagens. Caso contrário o Ministério Público (MP) e o Tribunal de Constas (TC) poderiam tomar as devidas providências. No mínimo exigir, que as diárias sejam canceladas, se foram liberadas. É o fim da rosca…”, escreveu (leia mais AQUI).

O Extra de Rondônia analisou o Portal da Transparência do Legislativo e constatou que cada um dos parlamentares recebeu 4.5 diárias, no valor total de R$ 1.656,00.

Portal da Transparência informa valores de diárias dos parlamentares / Foto: Divulgação

O OUTRO LADO

A reportagem do Extra de Rondônia entrou em contato para ouvir as versões dos parlamentares.

Edimar Kapiche explicou que a Câmara de Cacoal está em recesso, mas que os trabalhos continuam.

“Minhas ações são direcionadas em defesa da população desde o início do meu mandato. Na minha justificativa da viagem não tem visitar a Câmara de Porto Velho e sim, tão só, relacionadas às ações de Saúde, que defendemos, desde o encontro da Frente Parlamentar que aconteceu em Cacoal, na intenção de mobilizar os vereadores da região em prol da Macrorregião II de Saúde. Nesse tocante, infelizmente, não tivemos nenhuma representação estadual em nosso encontro. A partir daí, montamos um relatório e protocolamos em vários segmentos em Porto Velho. Nesse sentido, nessa semana tivemos várias reuniões em Porto Velho. Levamos a pauta ao Conselho Estadual de Saúde, onde foi me oportunizado e palavra e confrontamos o secretário estadual de saúde, Fernando Máximo. Participei da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, onde o deputado Neidson presidiou e falamos das dificuldades do hospital Heuro e Regional em Cacoal. Inclusive, ele se comprometeu a ir até Cacoal e comprovar essas situações. Participamos da Câmara Técnica de Saúde e da Comissão Intergestores Bipartide de Rondônia, solicitamos as consultas e exames eletivos que aguardam fila de espera em Cacoal. Nossa responsabilidade é ir onde for preciso para estar desempenhando com responsabilidade e seriedade a representação da população de Cacoal”, justificou.

Luiz Fritz disse que é presidente da Comissão de Saúde na Câmara de Cacoal e esteve em Porto Velho em busca de melhorias para o município. “O cara está tentando arrumar dificuldade onde não tem. O vereador é vereador 24h e não para de trabalhar só porque a Câmara está em recesso. Não estamos de férias. Em Porto Velho, participamos de diversas reuniões, uma delas como deputado estadual Neidson e o secretário estadual de saúde. Quando vamos a outra cidade, não vamos à toa”, desabafou.

O site mandou mensagem e ligou para o vereador Magnison Mota, mas não respondeu e nem atendeu as chamadas. Mesmo assim, o espaço do site está à disposição para eventuais esclarecimentos do caso.

 

 

 

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO