Delegado Núbio Lopes de Oliveira/Foto: Extra de Rondônia

Na manhã desta quarta-feira, 28, o Delegado Núbio Lopes de Oliveira, titular da Delegacia de Homicídios de Vilhena apresentou a conclusão do inquérito policial que investigava uma tentativa de homicídio que ocorreu na noite de 22 outubro de 2014, em uma casa localizada na Rua 731, no Bairro Cristo Rei, em Vilhena.

Na ocasião, A. S. P., chegou até a casa da irmã e já foi em direção ao cunhado, lhe apontando uma arma de fogo, porém, esta não disparou nas duas vezes em que ele puxou o gatilho.

Ao ver que havia se livrado da morte, a vítima T. L. P. entrou em luta corporal com o agente até que ele fugisse levando a arma do crime.

Ouvido pelo delegado após a situação de flagrante, A., que nunca teve envolvimento com nada fora da lei, relatou ter agido movido por ódio, pois soube que o cunhado havia agredido sua irmã e ainda ofendido sua mãe. Ainda segundo o autor do crime, a irmã já havia sido vítima de uma tentativa de homicídio realizada pelo ex-companheiro, onde por pouco não morreu e ao ver que ela poderia passar pela mesma situação com o atual marido, decidiu resolver o caso a sua maneira.

No entanto, apesar de ter recebido o benefício de responder pelo crime em liberdade, A. foi indiciado por tentativa de homicídio, uma vez que sua intenção só não se concretizou por motivos alheios a sua vontade e não estar mais sobre a emoção dos fatos, já que havia se passado 10 dias da suposta agressão sofrida pela irmã.

O ex-companheiro da irmã de A., que de fato tentou contra a vida dela, quase a levando a morte, já foi condenado e cumpre pena pelo referido crime.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO