Arma apreendida usada pelo suspeito que foi preso e levado para a Unisp

Um homem identificado pelas iniciais V.L.A., foi preso na noite deste domingo, 1, por policiais militares da Rádio Patrulha, após efetuar vários disparos de arma de fogo dentro do Centro de Tradições Gaúchas Sinuelo do Norte (CTG), localizado na Avenida José do Patrocínio, no Centro de Vilhena.

Conforme informações apuradas pela reportagem do Extra de Rondônia, a guarnição da Rádio Patrulha foi enviada ao CTG, onde havia informação que um homem estava armado e disparando contra as pessoas naquela local.

Rapidamente a guarnição chegou ao endereço e em contato com testemunhas, foram informados que o suspeito V.L.A., estava em visível estado de embriaguez alcoólica, e em dado momento ficou alterado e gritou, “que alguém havia mexido com a sua esposa e que naquele local não tinha homem”.

Em seguida saiu e logo retornou de posse de uma arma de fogo e começou a atirar contra algumas pessoas que estavam em uma mesa jogando baralho.

Um dos disparos acertou uma porta de blindex da entrada do barracão. Porém, homens, mulheres e crianças saíram correndo e se abrigaram nas proximidades.

Contudo, após realizar diversos disparos o suspeito saiu correndo e escondeu a arma próximo ao murro da frente do CTG e fugiu a pé.

De posse das características do suspeito os militares da Rádio Patrulha saíram à sua procura e o localizaram na Avenida Primeiro de Maio tentando se esconder entre umas plantas em frente de uma residência, onde recebeu voz de prisão.

A arma, uma pistola da marca Taurus, modelo G2C-9mm foi localizada e apreendida. No barracão, os militares encontraram 9 capsulas deflagradas calibre 9mm.

O suspeito foi levado para a Unisp, onde a ocorrência foi registrada.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO