Wellington Mota Martins/ Foto: rede social

Na madrugada desta segunda-feira, 02, um jovem de 27 anos identificado como Wellington Mota Martins, mais conhecido como “Veinho” foi assassinado com um tiro a queima roupas no peito, após abrir a porta de sua casa para uma pessoa não identificada, mas que o teria chamado pelo nome.

Wellington, que residia na Rua Rio Grande do Sul, já chegou a ser preso após se envolver em uma briga de bar no município, onde acabou ferindo um homem a golpes de canivete, mas ficou apenas uns três meses detido.

A polícia Militar chegou a ser acionada, mas a vítima já estava sem vida e após os trabalhos de praxe o corpo foi liberado para uma funerária de plantão. Ainda não há informações sobre a autoria do crime.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO