Presidente Bolsonaro e governador Marcos Rocha / Foto: Divulgação

O Governador Marcos Rocha concluiu nessa semana mais uma obra em parceria com o Presidente da República, Jair Bolsonaro: a construção da ponte na BR-421, que interliga o Vale do Jamari ao restante do Estado.

A obra só foi concluída graças a ação conjunta entre os aliados e, mesmo a ponte estando pronta há quase três anos, a obra não estava concluída porque o projeto original não previa a construção das cabeceiras.

Para contribuir com o aceleramento do trabalho, o Governador Marcos Rocha assumiu a responsabilidade de construir o que faltava, de modo que a obra fosse finalmente concluída e entregue à população.

Marcos Rocha explicou que o Governo Federal investiu aproximadamente R$ 5 milhões no projeto. “Assumimos o compromisso juntamente com o Presidente Bolsonaro e hoje temos a grata satisfação de entregar a solução para um problema que vinha causando inúmeros transtornos à população do Vale do Jamari e ao Estado de Rondônia, isso sem contabilizar os inúmeros prejuízos”, comentou o Governador, durante passagem pela região em conversa com moradores.

A parceria entre Marcos Rocha e Jair Bolsonaro tem rendido diversos benefícios para Rondônia. O Presidente da República já visitou o Estado várias vezes ao longo do mandato (algo inédito na história recente de Rondônia) além de priorizar algumas obras de extrema relevância para o desenvolvimento da região.

“Esse contato tem rendido inúmeros benefícios para o povo de Rondônia, estamos desobstruindo o desenvolvimento da região e proporcionando melhores condições de vida e trabalho à população. Agradeço ao Presidente Bolsonaro pela parceria, pelo respeito e principalmente por entender os anseios de Rondônia”, comentou Marcos Rocha.

Construção da ponte na BR-421, que interliga o Vale do Jamari ao restante do Estado / Foto: Divulgação

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO