Coluna escrita por Humberto Lago

Há uma pessoa, no nosso país, que num dado momento de sua carreira, resolveu interromper seu trabalho para a realização de um novo projeto profissional.

Durante dez anos ele ficou se preparando mediante a leitura de livros, pesquisas na internet, estudo das biografias de grandes vultos da humanidade, de todos os tempos e áreas. Também estudou muito sobre relações humanas e liderança.

Ao final do período, voltou ao mercado, criou uma empresa, viu-a crescer e se projetar a nível nacional. Também se transformou em um conceituado palestrante com foco em liderança e desenvolvimento gerencial.

Você interromperia sua vida profissional, por dez anos, apenas para se concentrar num projeto desses? Você teria coragem e fé de tomar uma decisão dessa magnitude e risco? Você acredita que nesse processo se enriqueceria intelectualmente e se tornaria um empresário bem sucedido?

Caso minha esposa e eu tivéssemos um filho, certamente iria participar diretamente de sua vida educacional e profissional desde a mais tenra idade. Iria procurar uma boa escola, iria estimulá-lo a amar a leitura de bons livros e revistas técnicas, a mergulhar e explorar a internet, a estudar línguas, a valorizar o conhecimento, a acreditar na capacitação humana, a sonhar grandes sonhos.

Há pais que aspiram conquistas grandiosas para filhos e filhas, porém estão distanciados deles. Não permita que isso aconteça no seu lar. Acredite. Invista. Oriente. Estimule. Não bloqueie a comunicação, mesmo que sua área profissional seja diferente da de seu filho. Se você não tiver tanta instrução, não se abata e prossiga. Ouse derrubar as barreiras e prosseguir com fé.

Alguém pode mensurar o valor de uma ideia? Alguém pode quantificar até onde vai o impacto de um bom projeto? A resposta é ‘não’ porque esses horizontes são ilimitados, tanto na atualidade quanto no futuro.

Esta semana falava com o filho de um empresário amigo. Esse jovem tem 18 anos e está ingressando na faculdade. Conversando sobre seu futuro profissional, ele me disse que vai trabalhar numa área envolvendo a construção e comercialização de robôs. Também colocou como área de interesse, cursar uma faculdade envolvendo o desenvolvimento de inteligência artificial. Fiquei impressionado com a clareza e foco de sua visão.

Os jovens são assim: corajosos e audazes; não se intimidam com o desconhecido; não temem o futuro; apreciam correr riscos. Pelo contrário, eles veem oportunidades em todas as áreas. Na sua mente tudo é possível. Faz muito bem conversar com eles. No entender daquele jovem a moeda digital (bitcoin) é uma conquista irreversível e em breve irá substituir o dólar e o euro na maioria das transações.

Nós os mais velhos, temos muito a aprender com os jovens! Pense nisso enquanto lhes digo até a semana que vem.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO