Cidade de Vilhena / Foto: Divulgação

Vilhena registrou, nesta segunda-feira, 9 de agosto, hoje 34 novos casos e 39 recuperados.

Dessa forma, Vilhena registra até as 16h de hoje: 14.017 casos confirmados de vilhenenses, 41.778 vacinados com a 1ª dose e 14.424 vacinados com a 2ª dose ou dose única, 256 óbitos de vilhenenses, 101 óbitos de moradores de fora.

Há atualmente no município 40 casos ativos, 134 casos suspeitos, bem como 13.716 já recuperados, 26 transferidos e 77 atendimentos no ambulatório.

A taxa de letalidade em Vilhena é de 1,86%, em Rondônia é de 2,47%, no Brasil é de 2,81%, na América do Sul é de 2,69% e no mundo é de 2,09%. (A taxa de letalidade indica a porcentagem dos pacientes contaminados que acabam evoluindo para óbito).

Há 19 pacientes internados com covid-19 em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19 e Hospital Regional de Vilhena, sendo 6 de Vilhena e 13 de outras cidades, dois de Chupinguaia, dois de Santa Luzia, dois de Cerejeiras, um de São Francisco do Guaporé, um de Inhumas (GO), um de Fernandópolis e quatro de Colorado.

Destes, 12 estão na UTI, sendo 6 intubados (três do sexo masculino com 48, 78 e 86 anos e três do sexo feminino com 51, 45 e 79 anos) e 6 com ventilação não-invasiva na UTI, dois do sexo masculino com 57 e 37 anos e quatro do sexo feminino com 70, 42, 65 e 58 anos.

Nas Enfermarias há 7 pacientes: três do sexo feminino com 61, 36 e 42 anos e quatro do sexo masculino com 53, 65, 38 e 69 anos. A taxa de ocupação de leitos para covid-19 é de 43% (sendo 60% na UTI e 29% nas Enfermarias).

Hoje o estado registrou 259,8 mil casos confirmados e 6.407 óbitos. No Brasil o número de casos confirmados já ultrapassou 20,177 milhões, com 563 mil mortes. No mundo são 201 milhões de casos confirmados e 4,26 milhões de mortes.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO