Foto: Divulgação

A Polícia Federal (PF) prendeu na tarde desta terça-feira, 10, um homem brasileiro e uma mulher boliviana, respectivamente, de 33 e 32 anos de idade, por contrabandearem da Bolívia 196 maços de cigarro de origem paraguaia.

A ação decorreu quando policiais federais receberam denúncia anônima no sentido de que o estabelecimento comercial dos envolvidos anunciou por meio de um aplicativo de entrega de refeições a venda das marcas de cigarro contrabandeadas.

Ato contínuo, a equipe, após constatar a veracidade da informação, deslocou-se até o endereço da empresa e encontraram 196 maços de cigarros contrabandeados.

Os investigados confessaram a prática do crime e afirmaram que a mercadoria é contrabandeada da Bolívia e que pagam ao fornecedor R$ 33,00 por pacote.

Juntamente com os suspeitos, foi conduzida uma mulher de 18 anos, que trabalhava na distribuidora desde os 16 anos e sem carteira assinada, recebendo R$ 25,00 por dia de trabalho.

Os autuados foram encaminhados ao Presídio de Guajará-Mirim, onde permanecerão à disposição da Justiça.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO