Coluna escrita por Humberto Lago

Conheço um escritório contábil que possui 40 funcionários. Alguns deles trabalham na área contábil, outros no setor fiscal, na área de recursos humanos, no setor de reconciliação bancária, na área de documentação/contratos, etc.

Sua carteira de clientes compreende empresas que operam com o lucro real, outras com o lucro presumido e até mesmo Eireli. Os profissionais que atuam na área sabem do que estou falando. Existe uma diferença acentuada entre uma organização que opera com o lucro presumido e outra que optou pelo lucro real.

Esse escritório é uma verdadeira escola, porque demanda pessoas com conhecimento técnico específico para atender as exigências contábeis e tributárias. De igual forma, imagino que ele deve ter diversos níveis hierárquicos, por área de atuação, a fim de atender as exigências legais, cálculo dos impostos, emissão e controle das guias de recolhimento etc.

Se eu fosse mais novo iria me esforçar para ingressar numa empresa dessas. Entendo que fazer parte do seu quadro de pessoal deve ser um privilégio. Com certeza iria procurar atuar em cada uma dessas áreas, ampliando assim minha visão.

Iria estudar, aprender e produzir. Iria me empenhar em ler bons livros e acompanhar as revistas técnicas e, por consequência, crescer profissionalmente. Como em qualquer atividade, não basta o desejo de avançar; também são necessários esforço e disciplina, dedicação e foco.

As promoções profissionais costumam ocorrer naturalmente, para aqueles que criteriosamente se capacitaram. Ou seja, você não precisa sair em busca das promoções, porque elas virão ao seu encontro. Você concorda comigo? Tem sido assim na sua carreira?

Há pessoas cuja prioridade é procurar aumentar sua remuneração, para ter melhor qualidade de vida. Pois bem, a experiência tem me ensinado que o salário é uma consequência da sua capacitação profissional e desempenho. Em outras palavras, aumentos salariais não devem ser um fim em si mesmo. Por outro lado, o crescimento profissional e a atualização gerencial, devem sim ser uma prioridade contínua de todos.

Boas empresas estão sempre abertas e em busca de bons profissionais. Quando se está diante de um bom candidato, as faixas salariais perdem sua rigidez e se tornam flexíveis; criam-se exceções para as regras existentes. Os recrutadores sabem que um candidato com potencial é tão valioso quanto uma joia e por isso fazem de tudo para contratá-lo.

Se eu puder trazer uma palavra aos jovens, diria: Procure uma boa escola; conheça os melhores autores; seja sedento de bons livros e faminto de conhecimento; estude a biografia de grandes vultos da história; tenha fé no seu Deus e trabalhe com afinco.

Pense nisso enquanto lhe digo até a semana que vem.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO