Quartel da Polícia Militar de Chupinguaia/ Foto: Leir Freitas

Na noite de domingo, 22, um adolescente totalmente fora de si deu trabalho para guarnições da Polícia Militar, ao protagonizar uma verdadeira pancadaria em uma lanchonete localizada no Centro de Chupinguaia.

De acordo com informações levantadas pela reportagem do Extra de Rondônia, uma guarnição do referido município e outra do distrito de Novo Plano se dirigiram até uma lanchonete para controlar uma confusão e se depararam com uma adolescente aparentando estar embriagado.

Ao solicitarem que o menor fosse embora, os militares passaram a ser insultados por ele, que não mediu palavras de baixo calão e além de afirmar que iria acionar o Conselho Tutelar para lhe proteger, alegou fazer parte de uma facção criminosa.

Mesmo sendo instruído a parar com as agressões verbais e sair do local, o adolescente se negava, até que os policiais conseguiram falar via telefone com a mãe dele, que foi até a lanchonete para tentar acalmá-lo.

Porém, mesmo assim o agente entrou em luta corporal com os militares e tentou tirar a arma de um deles, que tiveram que fazer uso da força física para contê-lo e o conduzir até o quartel. Durante a ação, a pistola chegou a ser arrancada do coldre do policial pelo agente e caiu no chão.

Mesmo algemado, o adolescente causou danos na unidade quebrando vidraças e deu uma cabeçada no olho e um chute na “bunda” do comandante de uma das guarnições, afirmando que iria chamar uns amigos para matar cada um dos policiais a tiro.

O Conselho Tutelar foi acionado e acompanhou a condução do menor para a Delegacia da Polícia Civil de Vilhena.

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO