Valdomiro Corá / Foto: Extra de Rondônia

A Câmara de Cacoal realizou sessão ordinária na manhã desta segunda-feira, 23, momento em que foram abordados vários assuntos de interesse público.

Contudo, o que chamou a atenção foi o discurso do vereador Valdomiro Corá (MDB) que, num desabafo, chamou o prefeito Adailton Fúria (PSD) de “o maior mentiroso de Cacoal” e denunciou casos de nepotismo na prefeitura.

Ele começou seu discurso “puxando a orelha” do mandatário municipal por não iniciar as aulas escolares em Cacoal, acompanhando outros municípios do Estado. Corazinho disse que o prefeito não está preocupado com o município e sim com a família.

“A pandemia, graças a Deus, já acabou. Esse prefeito só divulga justificativas e é só para se defender. Persegue empresários e esquece de cuidar do município. É uma vergonha para o município. Ele está preocupado é com seu salário e sua família, tem até cunhado na prefeitura. Ele pensa que é Santo, mas é o maior mentiroso de Cacoal. Ele pensa que todo mundo aqui é bobo”, desabafou.

O parlamentar prosseguiu seu raciocínio dizendo que há família com até 4 membros nomeados na prefeitura de Cacoal. “Tem esposo, esposa, cunhado, concunhado. Essa prefeitura está cheia de parentes. Está todo mundo mamando. Todo mundo briga pela paia, já que, com dinheiro, você vai a onde você quer. Mas não prejudique à população de Cacoal”, explicou ao Extra de Rondônia.

Ainda na tribuna da Casa de Leis, Corá também se manifestou contra a criação da Guarda Municipal, que, segundo ele, o prefeito quer criar uma fábrica de multas no município. “Ele pensa em arrecadar dinheiro”, disse.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO