Eduardo Japonês e Léo Moraes / Foto: Divulgação

Cerca de três mil cirurgias eletivas, ginecológicas e gerais, deverão ser realizadas através do projeto “Acelera Saúde”, que conta com recursos do deputado federal Léo Moraes, garantidos ao prefeito Eduardo Japonês em reunião nesta semana, em Brasília.

Com R$ 700 mil já destinados, o deputado garantiu agora o envio de mais R$ 5 milhões para a Prefeitura de Vilhena a fim de realizar um dos maiores mutirões de cirurgias já realizados na cidade.

“A parceria entre a Prefeitura de Vilhena e o Legislativo, seja na esfera municipal, estadual ou federal, sempre dá bons frutos. Agradeço imensamente ao deputado federal Léo Moraes por essa ação importantíssima para nossos pacientes, que esperam por cirurgias em Vilhena e no Cone Sul. Somente no fim de maio é que recebemos autorização para voltar a realizar as eletivas, que estavam suspensas devido à pandemia, e agora estamos adquirindo tudo o que for necessário para que volte o quanto antes em grande escala, porque em pequenas quantidades já estamos fazendo”, explica o prefeito Eduardo Japonês.

A estimativa é que, em Vilhena, sejam beneficiados 1.774 vilhenenses com cirurgias gerais e 558 com cirurgias ginecológicas, bem como cerca de 700 pacientes de outras cidades do Cone Sul, totalizando aproximadamente 3 mil pacientes. Em Vilhena as cirurgias represadas pela pandemia representam quase metade dos procedimentos necessários no município, visto que são 318 pacientes ginecológicos (57% do total) e 723 de cirurgias gerais (41% do total).

De acordo com a enfermeira e secretária municipal de saúde, Siclinda Raasch, o programa “Acelera Saúde” usará os R$ 5 milhões de Léo Moraes para contratar o serviço das cirurgias, enquanto todo o restante será oferecido pela prefeitura. “Usamos os R$ 700 mil que ele destinou antes, em parceria com o vereador Samir Ali, para compra de medicamentos. Dessa vez, o valor de R$ 5 milhões destinado vai permitir que contratemos os cirurgiões, cardiologistas e anestesistas que farão as cirurgias todos os dias, inclusive em finais de semana. Da nossa parte, o Hospital Regional de Vilhena vai oferecer o centro cirúrgico, equipamentos, salas, leitos, medicamentos e equipe de suporte, bem como logística de agendamento, comunicação e demais serviços relacionados”, conta Siclinda.

Samir Ali, vice-presidente da Câmara Municipal de Vereadores, em vídeo recente destacou a importância da ação. “Esses recursos vão tornar possível a retomada das cirurgias eletivas, que estão paradas devido ao decreto do Estado, mas que estão voltando logo, logo. Estamos muito felizes em poder contribuir com a saúde do município. Sabemos dos desafios que existem e por isso estamos felizes”, garantiu.

Estão previstas para acontecer cirurgias de histerectomia, colecistectomia, salpingectomia, ooforectomia, hernioplastia, apendicectomia, hemorroidectomia, entre outras. O projeto feito pela Secretaria Municipal de Saúde está pronto e deve ser encaminhado para licitação em breve, para que após o fim do processo de contratação, as cirurgias possam começar, nos próximos meses. Cada paciente será avisado individualmente e também haverá ampla divulgação das etapas do “Acelera Saúde”.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO