Terreno onde será implantada a Usina de Asfalto, possui uma área aproximada de 20 mil m² / Foto: Divulgação

As obras no terreno para a implantação da 6ª Usina de Asfalto de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUC) no município de Vilhena seguem em ritmo acelerado.

Os trabalhos são executados pelo Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), em parceria com a prefeitura.

O gerente da 6ª Usina de Asfalto, Diego Delani, explica que o terreno, onde será implantada a usina, possui uma área aproximada de 20 mil m². “O terreno está recebendo os serviços de encascalhamento e devido a urgência da instalação, contamos com o apoio das Regionais do DER de Vilhena e Colorado do Oeste, além da prefeitura de Vilhena. Quando entrar em funcionamento, a unidade atenderá as demandas da região do Cone Sul, entre elas: a manutenção da RO-391 e RO-370 ambas pavimentadas e ainda vai contribuir com as obras do programa ‘Tchau Poeira’. A aquisição da usina para região é uma medida louvável do governador Marcos Rocha, sensibilizado por um pedido antigo da população do sul do Estado”, frisou Delani.

Segundo o diretor-geral do DER, Elias Rezende, a unidade, entregue pelo governador Marcos Rocha no mês de julho, é uma das mais modernas e possui uma capacidade de produção de 120 toneladas de massa asfáltica por hora.

“É um investimento com retorno garantindo para a população do Cone Sul. São aproximadamente R$ 10 milhões de recursos próprios do Estado para aquisição dos equipamentos e instalação. Agradeço o prefeito Eduardo Toshiya Tsuru, ‘Eduardo Japonês’, que cedeu o terreno para a instalação da usina no município”. O local contará com escritório, barracão de oficina e depósito para armazenamento dos agregados.

Foto: Divulgação
sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO