Vereadores recebidos pela titular da Saúde / Foto: Divulgação

Um grupo de vereadores foi até a prefeitura municipal na manhã desta sexta-feira, 27, em Vilhena.

Ronildo Macedo, Dhonatan Pagani, Zezinho, Zeca, Ademir Alves, Clerida Alves e Vivian Repessold estiveram na sede da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e, em reunião com a titular da pasta, Siclinda Raasch, solicitaram processos administrativos de obras públicas para que sejam analisados.

Especificamente, o grupo solicitou processos referentes às obras de construção e reforma do Hospital Regional, no valor de quase R$ 1,6 milhão, e de contratos de alugueis da Saúde por um motivo: indícios de irregularidades.

Entrevistados pelo Extra de Rondônia, Macedo (PV) e Pagani (PSDB) falaram sobre o caso, mas minimizaram a situação afirmando que foram bem recepcionados por Siclinda e que a “visita” foi para simples averiguação. Porém, foram incisivos em dizer que, caso existam algumas irregularidades, levarão o caso ao MP, MPF e outras autoridades.

“Vimos que podem existir possíveis irregularidades e queremos analisar todos os processos com mais atenção. Por enquanto, é uma simples averiguação. Mas, caso seja comprovada alguma ilegalidade, o Legislativo tomará as providências cabíveis”, disse Macedo, presidente do Legislativo.

Por sua vez, Pagani garante que o papel do vereador é fiscalizar a boa aplicação do erário público e negou uma suposta invasão na Semus.

“No momento são apenas indícios de irregularidades e solicitamos o processo para poder verificar na íntegra. Nós fizemos diligências e visitas no HR e acompanhamos os processos administrativos. Tem também a questão de todos os contratos de aluguéis do Município, que eu também já fiz requerimento. A Semus é um espaço público e só se invade aquilo que não é permitido entrar. Aqui nós podemos entrar, a secretária nos recebeu muito bem e não se negou em providenciar os processos. Ela foi bem cortês. Fizemos carga para tirar cópia dos processos. Esse é o trabalho do vereador e temos que estar sempre vigilante protegendo o erário público. Sempre de antenas ligadas”, observou.

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO