Resultado da ação sas Delegacias de Repressão ao Crime Organizado / Foto: Divulgação

Na tarde da última quarta-feira, 01, as Delegacias de Repressão ao Crime Organizado – DRACO 2 e DRACO 1 – realizaram a apreensão de 1951 munições de diversos calibres, 76 estojos de recarga e outros suprimentos, como espoletas, chumbo e pólvora, em decorrência da continuidade das investigações da Operação “Canaã – Fase Paiol”, em Porto Velho.

Os artefatos bélicos foram localizados em um terreno na Zona Norte de Porto Velho e pertenciam a um dos investigados que atuava ramo empresarial de comércio de armas fogo, praticando-se, paralelamente, a mercancia ilegal de armas e munições letais de diversos calibres.

Segundo o Diretor-Geral da Polícia Civil, Samir Fouad Abboud, “este é mais um resultado que vai na contramão da impunidade aos crimes já perpetrados em razão dos conflitos agrários no estado de Rondônia”.

O Secretário de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania, Coronel PM José Hélio Cysneiros Pachá salientou que: “certamente, o enfraquecimento do poderio bélico evitará que as organizações criminosas investigadas se equipem nesse momento e se insurjam contra as forças policiais que continuam unidas e destacadas para esta missão”.

Mediante a toda a situação, as munições foram encaminhadas a delegacia para possível destinação dos artefatos.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO