PRF em Vilhena/Foto: Extra de Rondônia

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia divulgou, na tarde desta quarta-feira (08), em âmbito estadual, o balanço da Operação “Independência 2021”, registrando os esforços de fiscalização do Departamento para redução dos índices de acidentalidade e criminalidade nas 8 rodovias federais desta jurisdição.

Durante os cinco dias de operação (de 3 a 7 de setembro), a PRF contabilizou 20 acidentes, sendo 14 com vítimas. No total, 24 pessoas ficaram feridas e em um acidente registrado sábado, na BR 364 – KM 569, município de Alto Paraíso, 02 pessoas perderam a vida. Apesar do número de óbitos, esses índices representam o trabalho da instituição em manter os níveis de acidentalidade, mesmo com o aumento do fluxo de veículos.

Em comparação com o ano de 2020, a quantidade de acidentes apresentou queda de 23% e o número de pessoas feridas foi reduzido em 40%. No feriado da Independência do ano passado, 01 pessoa foi a óbito em decorrência de acidente de trânsito.

ESFORÇOS DE FISCALIZAÇÃO

A maior presença ostensiva da PRF nas rodovias deste ano refletiu também no número de pessoas e veículos abordados em procedimentos de fiscalização. Um total de 1.412 veículos foram fiscalizados pelos policiais nos cinco dias de operação e 2155 pessoas foram fiscalizadas.

Entre os principais autos de infração (multa) lavrados, registrou-se: 27 autos por alcoolemia, 89 autos pelo não uso de cinto de segurança ou cadeirinha e 82 ultrapassagens em faixa contínua.

COMBATE AO CRIME

A PRF também esteve presente em relação às ações de repressão ao crime. Foram detidas 25 pessoas, por diversos crimes, sendo os mais relevantes 08 flagrantes de crime ambiental, nos quais foram retidos 180 metros cúbicos de madeira e 25 toneladas de Cassiterita; também houve 01 apreensão de 18.5 kg de cocaína, que poderia render mais de R$ 3 milhões aos traficantes.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO