Sessão na Câmara de Vilhena desta quarta-feira, 8 / Foto: Extra de Rondônia

Motivados pelas constantes reclamações que recebe e a omissão nos pedidos que faz à prefeitura, o vereador Dhonatan Pagani radicalizou e, ao ocupar a tribuna da Casa de Leis na sessão ordinária desta quarta-feira, 8, prometeu abrir a “caixa-preta” das secretarias municipal de Agricultura (Semagri) e Obras (Semosp), hoje comandadas por Marcelo “Boca”.

Chamando “Boca” de super-secretário, por ocupar, simultaneamente, as duas pastas, Pagani questionou os recursos que as duas secretarias têm nos cofres públicos, mas, ao contrário, há uma grande insatisfação dos moradores com relação aos serviços prestados à comunidade.

“Em meio a tanto dinheiro, o produtor rural ainda está infeliz. Minha família é do setor e digo que o agricultor está sofrendo. O que mais ouço são reclamações destes setores. Vamos abrir a ‘caixa-preta’ para saber para onde estão indos todos esses recursos disponibilizados às pastas. Há mais de 30 dias fiz ofícios, cordialmente, a essas secretarias, mas até o momento não obtive respostas. Estão ignorando aquilo que nós estamos fazendo aqui”, prometeu.

Nesse sentido, Pagani apresentou três requerimentos, aprovados por unanimidade na sessão, solicitando informações da Semagri e Semosp, tais como execução de programas, quantitativo de atendimentos/serviços, informações a respeito da manutenção e recuperação de estradas localizadas na área rural, entre outros (LEIA OS REQUERIMENTOS NO FINAL DA MATÉRIA).

O parlamentar também fez questão de lembrar a conhecida frase de Eduardo Japonês na campanha eleitoral, quando afirmava que “dinheiro tem, o que falta é gestão” para questionar a administração municipal. “A gestão na administra, finge que faz. É isso que está acontecendo. Essas informações são para verificar se estão gerindo recursos ou estão torrando recursos”, desabafou.

 

 

 

 

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO