Carne de frango no varejo / Foto: Ilustrativa

As exportações de carne de frango alcançaram 3,048 milhões de toneladas no ano até agosto, alta de 7,58%, e com isso a receita somou 4,89 bilhões de dólares no período, avanço de 18,2% puxado por preços elevados e demanda aquecida, disse nesta quinta-feira a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Somente em agosto, os embarques totais de frango (considerando a proteína in natura e processada) atingiram 379,9 mil toneladas, alta de 4,8% ante igual período do ano anterior. Em receita, o salto foi de 36,1%, para 677,3 milhões de dólares, no mesmo comparativo.

“Os preços aquecidos para as exportações de carne de frango são consequências diretas da alta internacional dos custos de produção”, disse em nota o presidente da ABPA, Ricardo Santin, em referência a despesas com insumos como o milho, utilizado na ração animal.

“Mesmo com este quadro, grandes mercados importadores de alto valor agregado aumentaram o apetite pelos produtos brasileiros… reforçando a expectativa de alta histórica nas exportações totais de 2021”.

Principal destino das exportações, a China adquiriu 57,4 mil toneladas em agosto, volume 4,8% superior ao efetuado no mesmo período de 2020. Em segundo lugar, os Emirados Árabes Unidos compraram no mês 38,8 mil toneladas, avanço de 50,5%.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO