Foto: Extra de Rondônia

Na manhã de domingo, 13, a reportagem do Extra de Rondônia foi procurada por moradores do Bairro Jardim das Oliveiras, que se disseram revoltados com os transtornos que as pernoites do comboio do Exército na escola municipal Cleonice Batista de Jesus estavam causando, devido à quebra de dois postes que ocorreu no local em menos de uma semana, interrompendo o fornecimento de energia,

Após colher informações junto aos moradores, a reportagem tentou sem êxito, fazer contato com o comando do Tiro de Guerra de Vilhena, para confirmar as alegações dos moradores, uma vez que a quebra do primeiro poste, que foi registrada na noite de quinta-feira, 09, foi de fato causado por um veículo oficial do Exército. (Reveja AQUI)

Porém, a reportagem teve acesso a um boletim de ocorrência que foi registrado pelos próprios soldados, que contraria a versão dos moradores, pois nele os denunciantes alegam que a quebra do segundo poste, que deixou o bairro sem energia durante toda a madrugada e manhã de domingo, 12, não foi de responsabilidade do comboio do Exército, como alegado pelos vizinhos da escola.

De acordo com a versão apresentada pelos soldados a uma guarnição da Polícia Militar que atendeu o caso, um veículo Pálio Weekend de cor prata colidiu com o referido poste durante a madrugada e o motorista chegou a descer e constatar os danos causados, porém, entrou novamente no carro e foi embora sem acionar a polícia ou a empresa fornecedora de energia.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO