[Foto por Firmbee.com em unsplash.com]
Ao longo das últimas décadas e com a evolução da tecnologia, diversos serviços e rotinas foram aderindo gradativamente ao mundo digital, como transações bancárias, lojas de varejo, compra/venda de produtos usados, entre outros. Tudo através de sites ou aplicativos próprios e avançados critérios de segurança para garantir a satisfação e o retorno dos clientes.

Junto com a inclusão digital, veio uma comodidade nunca antes proporcionada aos usuários dos serviços prestados. É possível encontrar de tudo online, desde a possibilidade de fazer as compras de supermercado em grandes redes a até os melhores sites de encontros online para quem quer encontrar uma paquera sem se dar ao trabalho de sair de casa.

Porém estamos tão vinculados a toda essa transição que não percebemos o quão rápido as mudanças chegaram e nem a extensão a que ela alcança em nossas vidas.

Contas (e bancos) digitais

Sim, é verdade que o acesso digital às contas bancárias são uma realidade. Mas convenhamos que de alguns anos atrás até hoje em dia a quantidade de serviços prestados através de APPs ou sites bancários cresceu enormemente.

Se você é uma pessoa que não possui dificuldades em utilizar a tecnologia em seu favor, dificilmente pisou em alguma agência bancária mais de 1 ou 2 vezes nos últimos anos (e ainda assim, provavelmente para sacar algum dinheiro).

Além de o cliente se auto atender com o serviço de sua necessidade, que vai desde um simples extrato até a uma aplicação em bolsa de valores, ainda existem os modernos canais de atendimento alternativos do como WhatsApp que evitam maiores aglomerações nos bancos.

Os bancos tradicionais, ao assistirem o nascimento de instituições bancárias 100% digitais que permitem ao usuário abrir sua conta pela tela de seu telefone ou computador, tiveram de se modernizar e criaram então as agências digitais que atendem a boa parte de seus clientes mais rentáveis.

A adesão em massa dos clientes sobre as tecnologias disponíveis levaram o Banco Central a implementar uma nova solução de transferências de valores em tempo real, o PIX. Facilitando assim nossa vida digital e diminuindo o processamento de informações e morosidade do Sistema Financeiro Nacional.

Compra e venda de produtos novos

Há algumas décadas surgiram as primeiras plataformas de compra e venda de itens, que inicialmente eram simples e direto ao ponto ao apresentar pessoas que desejassem vender algum objeto aos potenciais compradores.

Vimos o crescimento de grandes marcas como Mercado Livre e Amazon dominarem este mercado e criarem nichos específicos que antes não existia.

A Amazon se especializou na ligação entre empresas vendedoras de produtos e clientes que os desejam, entregando os produtos com agilidade e em grande parte das vezes com frota própria.

A empresa é pioneira no desenvolvimento de várias tecnologias voltadas para a entrega, como a entrega com drone e a entrega sem que o cliente esteja em casa. Mas a empresa Multibilionária não se reservou apenas ao ramo de entregas, desenvolveu produtos de alta tecnologia que hoje são objetos de desejo dos clientes como o Kindle e a Alexa.

Está ainda desenvolvendo serviços no ramo financeiro, como empréstimos, cartões, etc.

Compra e venda de produtos usados

Uma das empresas ícone deste ramo, o Olx se tornou referência na compra e venda de produtos entre Pessoas Físicas, tomando assim o lugar dos antigos classificados de jornal (que ninguém mais se recorda). Hoje em dia quem busca comprar uma geladeira de segunda mão, ou vender um fogão pois comprou outro novo, sempre busca o Olx ou aplicativos similares.

O APP também se transformou no ponto de encontro de compradores e vendedores de veículos, tomando uma fatia de mercado das garagens, que tiveram de se adaptar rapidamente e atualmente também anunciam na plataforma.

Aqui também vimos o surgimento de um nicho digital, pois quem busca um carro online também busca segurança nas informações.

Logo, acompanhamos o surgimento de APPs que fazem o mesmo serviço de vistoria das empresas homologadas pelo Detran, porém de forma totalmente online e a custo baixíssimo. Bastando informar a placa do carro para que tenhamos acesso a informações de sinistros, de adulterações de chassi e de quilometragem real do veículo em vista.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO