e-commerce / Foto: Ilustrativa

A pandemia de Covid-19 que o mundo está passando e ainda se recuperando, exigiu novos comportamentos e meios para a sobrevivência de muitas lojas e empresas, essas mudanças foram fundamentais para driblar as medidas restritivas que foram impostas. 

O e-commerce foi uma maneira que os setores da economia encontraram para enfrentar as dificuldades e desafios impostos pelas medidas restritivas de distanciamento e isolamento social.

A estratégia de e-commerce foi atrativa muito para as empresas, pois mantiveram os lucros e seus estabelecimentos abertos.   

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EMERGENCIAL

Sabendo dos possíveis impactos que poderiam ser causados pelo isolamento social, muitos empreendedores de e-commerce usaram desde o começo da pandemia um planejamento estratégico emergencial.

Esse planejamento envolve o uso de boas estratégias de divulgação, e a exploração de campanhas de marketing fundadas na atração do consumidor.

No geral, esse planejamento envolve o uso de técnicas para educar e conscientizar os consumidores do valor dos produtos que são oferecidos dentro dos e-commerces, mas a estratégia foi dividida em partes para garantir um fluxo contínuo de consumidores. A estratégia segue as seguintes etapas:

Desenvolvimento das plataformas e divulgação;

Soluções de pagamento inovadoras;

Otimização do acesso;

Produção de conteúdo.

SITE E DIVULGAÇÃO

Sabendo que a plataforma de venda é considerada a alma, o corpo e coração dos e-commerces, muitos empreendedores integraram soluções e ferramentas em suas plataformas para oferecer os melhores serviços ao público.

Essa estratégia é importante porque a plataforma de vendas é onde serão disponibilizadas todas as informações e produtos do e-commerce, como adquiri-los e as formas de pagamento.

Dentre as informações é preciso detalhar tudo possível sobre os seus produtos, como por exemplo: o tamanho, as cores, as quantidades e os formatos.

Quanto mais detalhado for o site, mais clientes optaram por ele, pois será capaz de atender as necessidades, dúvidas e desejos dos seus clientes. Isso atrai o público e, consequentemente, novos consumidores.

FORMA DE PAGAMENTO

Investimento em diversas formas de pagamento para acesso do produto, como por exemplo: cartões de crédito e débito, pix, boletos, entre outros.

Essas estratégias se mostraram fundamentais para garantir a credibilidade para sua marca. 

ALTERNATIVAS DE ACESSO SEGURO

A segurança é um setor que precisa de investimentos extras, mas é também o que garantirá clientes, por isso é uma parte que exige cuidado e trabalho extra.

É aqui que seus serviços serão mais avaliados. Então todos os esforços são precisos para que tenha qualidade e eficiência ao atender seus clientes, assegurando os de uma compra sem prejuízos. Com isso, seu site será recomendado e não perderá consumidores.

CONTEÚDO

A plataforma deve oferecer conteúdo e informações coerentes, de acordo com seus produtos e serviços oferecidos. Dessa maneira, atentar-se para as informações necessárias é primordial para que o consumidor não perca o foco que é as mercadorias. 

COMO OS E-COMMERCES ESTÃO VENDENDO NA PANDEMIA

Graças às estratégias mencionadas anteriormente, muitos e-commerces estão vencendo a pandemia. Diversos fatores influenciaram o aumento das vendas, mas com certeza, o uso de boas estratégias é um dos fatores determinantes do sucesso destes empreendimentos.

Por conta do isolamento social, as pessoas começaram a utilizar a internet de forma ainda mais ativa. Essa ferramenta de comunicação deixou de ser uma ferramenta eventual e acabou se tornando uma ferramenta de uso regular por parte de muitas pessoas.

Como consequência no aumento do número de usuários, as vendas também aumentaram para muitos setores. Alguns dos setores que mais apresentaram crescimento durante a pandemia graças ao uso de boas estratégias são:

Setor alimentício;

Saúde e bem-estar;

Moda e vestuário;

Artigos eróticos;

Entretenimento.

O setor alimentício é sem dúvidas um dos setores que mais apresentou crescimento. Por conta do isolamento, muitos buscaram nos aplicativos de entrega soluções para lidar com a ansiedade e outros problemas.

Seguindo o mesmo ritmo, o setor de saúde e bem-estar também apresentou crescimento durante a pandemia. Como muitos tiveram de ajustar os seus hábitos diante do fechamento das academias e ginásios esportivos, o consumo de artigos para exercícios em casa aumentou consideravelmente.

Um setor que foi consideravelmente impulsionado pelas redes sociais é o setor de moda e vestuário. Graças ao aumento no número de usuários ativos em redes sociais, muitos buscaram no setor de moda e vestuário uma oportunidade de se autopromover e manter a autoestima alta durante a pandemia.

Os artigos eróticos não poderiam ficar de fora dessa lista. Com as pessoas passando mais tempo em casa, é inevitável que muitos intensifiquem a rotina sexual para manter o relacionamento vivo. Neste sentido, as lojas de sexshop se beneficiaram muito do isolamento social.

E por último, mas não menos importante, encontramos o setor de entretenimento. A indústria do entretenimento e seus e-commerces também se beneficiaram da busca por produtos como solução para o tédio decorrente do isolamento social.

Se você possui um e-commerce dentro de um desses segmentos pode aproveitar as estratégias mencionadas anteriormente e aumentar as suas vendas dentro desse período. Fiquem ligados e acompanhem mais conteúdos como esse no nosso site.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO