Emerson Pereira (no detalhe) é a vítima do acidente / Foto: Extra de Rondônia

Na madrugada deste domingo, 19, um grave acidente ceifou a vida de Emerson Pereira da Silva, de 42 anos, em Cacoal.

De acordo com informações colhidas pela equipe do Extra de Rondônia, o condutor de um veículo de passeio seria quem causou a tragédia. O mesmo seguia pela BR-364, sentido Presidente Médici, e o motociclista que perdeu a vida trafegava em sentido contrário.

Em dado momento, o motorista do carro acertou em cheio o motociclista, que foi arremessado a mais de 10 metros do local do acidente, caindo já na marginal da BR. Segundo relatos de testemunhas, o veículo de quatro rodas estaria fazendo “zig, zag” na pista.

Com a força do impacto, Emerson foi arremessado contra o solo e, devido à gravidade dos ferimentos, morreu no local. Enquanto isso, o outro envolvido fugiu sem prestar socorro. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local, porém não conseguiu fazer mais nada.

A Polícia Rodoviária foi acionada juntamente com a Perícia Técnica que realizaram os trabalhos de praxe e logo após o corpo foi liberado a funerária de plantão. Ambos os veículo ficaram totalmente destruídos com a colisão.

Agora, a Polícia Civil investiga o caso para saber quais foram os motivos que levaram o homem a fugir do local, se ele estava embriagado, sobre efeito de drogas ou falta de documentação.

Sendo assim, o responsável poderá responder pelo crime de homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, porém com culpa por imprudência, imperícia e negligência.

Ainda, de acordo com informações recebidas pela equipe do Extra de Rondônia, o suspeito do crime de trânsito deverá se apresentar ainda hoje na Delegacia de Polícia Civil de Cacoal, acompanhado de um advogado, para os esclarecimentos necessários às autoridades.

Emerson era funcionário de uma empresa que fabrica cerâmica do município.

Carro acertou no motociclista / Foto: Extra de Rondônia
sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO