Júnior Gonçalves, Marcos Rocha e Evandro Padovani / Foto: Divulgação

Com o retorno do Governador Marcos Rocha ao Partido Social Liberal (PSL) algumas mudanças foram promovidas no organograma da legenda.

No último ajuste partidário, o secretário de estado da agricultura, Evandro Padovani, assumiu a presidência do partido, mas com o reingresso do Governador, Padovani passou a ser o vice-presidente estadual da executiva.

Padovani foi um dos correligionários rondonienses que contribuíram com o projeto presidencial de Jair Bolsonaro nas últimas eleições. O secretário-chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, assumiu o comando da Secretaria Geral da legenda em Rondônia, proporcionando maior protagonismo do partido dentro do grupo liderado por Marcos Rocha.

A ficha de filiação do Governador Marcos Rocha foi homologada pelo presidente nacional do PSL, Luciano Bivar nesta quarta-feira, 22, durante audiência em Brasília. O reposicionamento de Marcos Rocha é um reflexo da estratégia do governo Bolsonaro na esfera nacional. Ambos são aliados há tempos e Rocha sempre se manteve fiel e à disposição do Presidente da República, que ainda não se pronunciou oficialmente acerca de sua filiação partidária tendo em vista as eleições do ano que vem.

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO