Reunião das Comissões nesta segunda-feira, 18 / Foto: Extra de Rondônia

R$ 1,3 milhão. Essa é a previsão de gastos do prefeito Eduardo Japonês (PV) solicitada aos vereadores após ajustes no projeto de lei nº 6.222/2021, que dispõe sobre autorização para abertura de crédito adicional suplementar, destinada à decoração natalina em Vilhena.

Inicialmente, o projeto previa gastos de R$ 770 mil, mas, por solicitação de parlamentares, mais avenidas foram incluídas no projeto.

O assunto foi analisado na manhã desta segunda-feira, 18, na reunião das Comissões, momento em que foram escolhidos os projetos que irão a votação na sessão ordinária desta terça-feira, 19, que inicia às 9h, na Casa de Leis. A reportagem do Extra de Rondônia acompanhou as atividades.

Inicialmente, o projeto incluía a decoração em duas avenidas: Major Amarante e Paraná, as Rua Domingos Linhares e Osvaldo Cruz, além das praças Ângelo Spadari e Nossa Senhora Aparecida. Agora, com os ajustes, foram incluídas também as avenidas Brigadeiro Eduardo Gomes e Melvin Jones.

Na reunião das Comissões, o assunto dividiu opiniões entre os parlamentares, apesar da “avalanche” de críticas dos vilhenenses quanto à questão através das redes sociais.

Os vereadores Ronildo Macedo (PV) e Samir Ali (Podemos), presidente e vice da Casa de Leis, respectivamente, se posicionaram favoráveis com a argumentação de que a decoração natalina vai proporcionar momento de alegria aos vilhenenses, além de movimentar a economia local. Tabalipa também antecipou ser favorável.

Macedo, na reunião da semana passada, era contrário ao projeto. Mas mudou de posicionamento após ter solicitação atendida incluindo no projeto a decoração também da avenida Melvin Jones (leia mais AQUI).

Por outro lado, Dhonatan Pagani, presidente da Comissão de Obras, Serviços Públicos, Agricultura, Meio Ambiente e Terras (Cospamat), se manifestou contrário. “É muito dinheiro. Nós precisamos valorizar o Natal, mas não podemos gastar tanto dinheiro e precisar lutar pela redução desse valor”, analisou.

Já o vereado Pedrinho Sanches, presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), observou o momento delicado da Saúde pública em Vilhena e sugeriu decorar apenas uma única praça, e, o restante do dinheiro ser investido na compra de cestas básicas para serem distribuídas nas famílias carentes do município.

Contudo, o projeto vai para debate e votação na sessão ordinária desta terça-feira, 19, na Câmara Municipal (leia mais AQUI e AQUI). Caso seja aprovado, iniciará o processo licitatório para contratação da empresa que executará a obra, o que – segundo representantes do Executivo – pode gerar a redução do valor em 10%.

Projeto com alterações enviado pelo prefeito Eduardo Japonês aos vereadores / Foto: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO