Unisp de Colorado do Oesta/Foto: Extra de Rondônia

Por volta das 14h de sexta-feira, 22, um casal foi preso após tentar agredir uma conselheira tutelar e uma guarnição da Polícia Militar, durante uma ocorrência, onde foram denunciados por ingerirem bebidas alcoólicas na frente das filhas, ainda crianças.

Segundo informações levantadas pela reportagem do Extra de Rondônia, uma conselheira se dirigiu até uma casa situada no bairro Odilon Noia, onde segundo denúncias anônimas, um casal estaria ingerindo bebidas alcoólicas na presença da de duas crianças, já se encontrando muito alterados.

No local, ao tentar fazer contato com os moradores, a conselheira foi ofendida e acionou uma guarnição da Polícia Militar para lhe prestar apoio na retirada das crianças, e só não foi agredida pela mãe das meninas, porque os militares chegaram no exato momento e puderam impedir.

Proferindo xingamentos contra os policiais e a conselheira, a mulher afirmava que “nenhum filho da puta” iria entrar em sua casa, recebendo voz de prisão pelo crime de desacato.

Porém, muito alterada pela ingestão de álcool, a mulher tentou desferir socos e chutes contra os militares e seu marido acabou entrando no meio para impedir a prisão dela, sendo preso também.

Enquanto resistia entrar na viatura, o agente ainda ameaçou a conselheira afirmando que aquilo não ficaria daquele jeito.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO