Melvin Jones seria assim caso o projeto fosse aprovado, segundo o parlamentar / Foto: Extra de Rondônia

O vereador Pedrinho Sanches (Avante), em discurso na tribuna da Casa de Leis na sessão ordinária desta quinta-feira, 4, comentou, novamente, o caso da reprovação do projeto de lei de R$ 1,3 milhão, enviado ao Legislativo pelo prefeito Eduardo Japonês (PV), que seria utilizado para aluguel de enfeites natalinos em Vilhena (leia mais AQUI).

Devido a essa situação, o parlamentar avalia como relevante a decisão da maioria do parlamento, propiciando harmonia com o Executivo, mas independência às atividades do Poder Legislativo.

Contudo, ele ironizou a situação e disse que se a Câmara tivesse autorizado o recurso milionário, hoje “as luzinhas de natal estariam piscando em cima do rio e empresários entrando de barco para dentro dos comércios”.

Ele se referiu aos alagamentos que ocorrem na Melvin Jones, uma das principais avenidas da cidade e localizada no bairro mais populoso de Vilhena, o Cristo Rei. Em 27 de outubro, uma forte chuva praticamente inundou a avenida, prejudicando a trafegabilidade de pessoas e veículos (Assista ao vídeo abaixo).

Pedrinho lembrou que outros municípios investiram apenas poucos recursos nas decorações natalinas e citou Cacoal, que vai gastar R$ 460 mil com os enfeites nessa cidade.

“Nesse sentido, cada hora fico convicto que decisões nesta Casa de Leis são para benefício dos vilhenenses. Os poderes Executivo e Legislativo são harmônicos, porém independentes. Aqui, nós somos o ‘freio’ do Poder Executivo. No caso de Vilhena, há um prefeito, um vice e 13 vereadores. Digo isso devido ao projeto de lei que rejeitamos há poucos dias, referente aos enfeites natalinos. Logo depois, caiu uma chuva e a Avenida Melvin Jones e outras viraram rios. Há recursos vindo para Vilhena de deputados que estão sendo dispensados. Mas, agora, imaginem se nós tivéssemos aprovado de R$ 1,3 milhão? As luzinhas de natal estariam piscando em cima do rio e empresários entrando de barco para dentro dos comércios. Nesse sentido, essa Casa de Leis acertou e espero que continue acertando e é para isso que nós fomos eleitos pelos vilhenenses”, destacou.

Por outro lado, Pedrinho também questionou o anúncio de licitações feitas pela prefeitura com relação às obras de pavimentação asfáltica na cidade. “Nós, vereadores, aprovamos o crédito no início do ano e começar o asfalto. Mas, agora estamos em novembro, começando uma chuva pesada, e só agora estão licitando? Eu vejo isso mais como uma brincadeira com a cara da população”, desabafou.

https://

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO