Deputado federal Coronel Chrisóstomo/Foto: Divulgação

Deputado Federal Coronel Chrisóstomo, Presidente da Frente Parlamentar Brasil-Bolívia, faz audiência Pública em Guajará-Mirim para tratar de: “Incentivos e desenvolvimento das relações Bilaterais e aprimoramento das relações Políticas Sociais e Econômicas”.

O deputado federal Coronel Chrisóstomo que é líder da Frente Parlamentar Brasil-Bolívia, irá presidir nesta sexta feira dia 26 de novembro, na cidade de Guajará Mirim, uma Audiência Pública para tratar de vários temas que interessam a integração entre Brasil e Bolívia em especial a Guajará e várias cidades da região.

A Audiência terá início às 9:00H da manhã de sexta-feira, e terá várias pautas a serem discutidas, entre elas:

  1. Ponte Binacional Brasil-Bolívia;
  2. Comércio Bilateral;
  3. Pavimentação asfáltica da BR 421, que liga Buritis/RO a Nova Mamoré, e Ponte de ligação do Estado de Rondônia para o Oceano Pacífico;
  4. Turismo na faixa de fronteira nos rios Guaporé/Mamoré;
  5. BR nos rios Guaporé/Mamoré (1400 km de via navegável para logística);
  6. Questões de segurança de fronteiras;
  7. Situação atual de área de freeshopping em Guajará-mirim e sua relação com Guayaramerín/Bolívia.

A Audiência Pública terá duração média de 3 horas, programada para o encerramento ao meio-dia. O deputado Chrisóstomo convida a população de Guajará Mirim e região para estarem presentes e agradece desde já.

“Sou Presidente da Frente Parlamentar Brasil-Bolívia e convido todos Prefeitos, Vereadores, Autoridades, Empresários e os Cidadãos de Guajará-Mirim, Nova Mamoré, Buritis e demais cidades da região para uma Audiência Pública nesta Sexta Feira dia 26 de novembro com início às 9:00 Horas”, convida o Parlamentar.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO