Deputado federal Expedito Netto (PSD) / Foto: Divulgação

O deputado federal Expedito Netto (PSD), presidente regional do PSD, subiu o tom e chamou alguns prefeitos de Rondônia de “cachorros” durante reunião da bancada federal na manhã desta quarta-feira, 1, em Brasília (DF).

O motivo, segundo fontes do Extra de Rondônia, foi o fato de prefeitos rondonienses terem se filiado ao PSL, partido do Governador Marcos Rocha, que irá se tornar União Brasil a partir do ano que vem.

O posicionamento do deputado federal causou constrangimento durante o encontro, tendo em vista que os prefeitos ofendidos não tiveram direito à fala para se defenderem. Quatro prefeitos do Cone Sul de Rondônia estavam lá: Eduardo Japonês (Vilhena), Lisete Marth (Cerejeiras), Ribamar (Colorado), Izael Dias (Cabixi).

Comenta-se nos bastidores que o ataque do deputado se deu como ação eleitoral, tendo em vista o fato de que Expedito Netto é aliado do senador Marcos Rogério, pré-candidato ao governo e até o momento principal opositor de Marcos Rocha no próximo pleito.

Entrevistado pelo Extra de Rondônia, Netto admite as críticas a alguns prefeitos e deixou clara sua indignação daqueles que deixaram seus partidos para irem junto ao governador  com vistas às eleições de 2022, que tem como primeiro ato a eleição da diretoria da Associação Rondoniense de Municípios (AROM). O prefeito de Colorado do Oeste, Ribamar Oliveira, que é forte candidato à presidência da AROM, saiu do PSB para se filiar ao PSL, e conta com apoio de Marcos Rocha.

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO