Parte da equipe da Casa de Apoio em Vilhena / Foto: Divulgação

Luciene Silva Carvalho, de 35 anos, moradora de Itapuã do Oeste, gravou um vídeo em que agradece a solidariedade dos membros da Casa de Apoio “Amor e Vida”, de Vilhena.

Na véspera de Natal, ela esteve na em Vilhena acompanhando sua mãe, Alverina da Silva Carvalho, de 66 anos, que mora no distrito Estrela de Rondônia, município de Rolim de Moura. Alverina precisou ser transferida para a UTI do Hospital Regional, onde ficou 12 dias.

No vídeo, Luciene explica que decidiu gravar o vídeo como forma de reconhecimento e agradecimento aos membros da Casa de Apoio vilhenense. “Chegando aqui, eu estava desnorteada e sem saber o que fazer. Como vim como acompanhante, não tinha onde ficar. Mas aqui, Deus abriu as portas. Fui na Casa de Apoio ‘Amor e Vida’. Chegando lá conheci pessoas que me deram palavras de consolo. São pessoas que me estenderam a mão e sempre vou levar comigo”, disse.

Entrevistada pelo Extra de Rondônia nesta quarta-feira, 12, Clotilde Muniz, idealizadora do projeto do funcionamento da Casa de Apoio, explicou que o local está à disposição para todos aqueles que verdadeiramente necessitem de apoio. “A diretoria trabalha com união e muito amor aos acolhidos. É um projeto social que tem como objetivo principal ajudar o próximo, ajudar nossos irmãos”, observa.

Inaugurada em julho de 2021, a Casa de Apoio “Amor e Vida” tem hospedagem e alimentação gratuita, sendo uma instituição filantrópica, mantida com doações e ajuda da sociedade, não tendo envolvimento político.

A Casa está localizada na Avenida Sabino Bezerra de Queiroz, nº 3123, no bairro Jardim América (ao lado da Vila Aeronáutica). Mais informações serão obtidas pelo telefone (069) 3321-8249 / 98458-5248.

https://

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO