Aposta em cassinos ou raspadinhas e coisas do gênero demanda habilidade, mas uma boa dose de sorte também é sempre bem-vinda. Acertar o número correto, achar o melhor site de aposta esportiva, ter boas cartas no jogo de pôquer ou ser sorteado em uma sequência nas máquinas de caça níqueis são momentos únicos.

Agora imagine precisar alterar o caminho de casa por uma necessidade envolvendo o seu animal de estimação, comprar um bilhete premiado de loteria e, absolutamente do nada, ganhar 2 milhões de dólares, o equivalente a quase R$ 11 milhões na cotação atual? Pode parecer conto de fadas, mas foi exatamente isso que aconteceu com um jovem na Flórida, nos Estados Unidos. 

Leonard Linton vive na pequena cidade de Pinetta, que não tem mais de 10 mil habitantes. Foi lá que uma história impressionante envolvendo jogos de azar aconteceu, premiando alguém com uma pequena fortuna. A história, é claro, estampou jornais da região e acabou ganhando repercussão mundial.

Linton estava em casa quando recebeu uma ligação do seu veterinário. Ouviu do outro lado da linha que sua cadela, Ivy, não estava bem e que ele deveria ir o mais rápido possível à clínica. A cadelinha está grávida, mas sua gestação, segundo as notícias publicadas nesta semana, informam que a gravidez é complicada.

Então, Linton pegou seu carro e saiu em alta velocidade. No caminho, entretanto, percebeu que precisava abastecer, já que seu tanque estava praticamente vazio. Para chegar ao posto, fez um caminho diferente do habitual, e também mais rápido para chegar ao veterinário onde sua cadela estava.

Na pausa para pagar a gasolina, um Stop & Shop localizado na East Howard Street, em Live Oak, ele viu um bilhete premiado decidiu que não custava muito fazer uma aposta. A raspadinha 100X THE CASH custou cerca de 10 dólares, e foi feita sem maiores esperanças.

“Ainda não consigo acreditar”, disse Linton, que trabalha no comércio local e certamente não esperava ficar milionário de um dia para o outro, sobretudo porque afirmou não ter o costume de jogar sempre. Ele o fez naquela ocasião apenas porque já estava no local e sentiu que era o momento de apostar.

Quando lhe perguntaram o que pretendia fazer com a fortuna, Linton pareceu perdido. Ainda assim, ele sabe que alguém merece uma boa recompensa: sua cachorrinha Ivy. “Isso é uma mudança de vida, mas definitivamente vou comprar um novo canil para Ivy!”, disse o apostador em um comunicado divulgado pela loteria estadual.

Linton, que tem 42 anos, já foi receber sua fortuna na sede da loteria estadual, localizada em Tallahassee, que é a capital do estado americano da Flórida e sede do condado de Leon.

O Stop & Shop, em Live Oak, local onde Linton fez a aposta, receberá uma comissão de bônus de 4 mil dólares, cerca de R$ 21 mil, pela venda do bilhete vencedor. 

E ainda questionam se o cão é de fato o verdadeiro amigo do homem….


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO