Cidade foi contemplada com 30 quilômetros de recapeamento / Foto: Divulgação

Na última sexta-feira, 24, o Governo de Rondônia acompanhou as obras do “Tchau Poeira” no município de Vilhena.

Contemplada com 30 quilômetros de recapeamento, os trabalhos avançam para mais uma das principais avenidas da cidade.

No momento, os serviços do Departamento de Estrada de Rodagem e Transportes (DER) estão finalizando o recapeamento na Avenida Paraná e em seguida vai para a Avenida Melvin Jones. O investimento estimado nesta primeira etapa é de R$ 10,5 milhões.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, anunciou durante a visita, que Vilhena receberá mais investimentos pelo Estado. “São mais de R$ 20 milhões investidos aqui e não para; o município receberá mais 50 km de microrrevestimento, sem contar as obras do ‘Governo na Cidade’ que estão em andamento. A cidade está um verdadeiro canteiro de obras,” pontua Marcos Rocha.

ASFALTO EM VILHENA 

Para o mês de julho, estão previstas as obras de pavimentação asfáltica, como parte da segunda etapa do “Tchau Poeira”. Serão 8,9 quilômetros de pavimentação, com mais de R$ 6,6 milhões (seis milhões e seiscentos mil reais) em investimento estimado.

“GOVERNO NA CIDADE”

Além das obras do “Tchau Poeira”, Vilhena recebe investimentos do projeto “Governo na Cidade”, sendo a construção de uma praça “Cidade Nova”, no setor 69; construção de uma quadra de futebol de grama sintética; aquisição de 17 parques infantil para as praças; construção de drenagem superficial e calçadas nos setores 15, 17, 8 e 20.

Com os dois programas o município recebe ao todo um investimento de mais R$ 20 milhões pelo Governo do Estado.

 


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO