aftosa 728×90
Anedino e o diretor geral do órgão, Jorge Fraxe
Anedino e o diretor geral do órgão, Jorge Fraxe

Nesta quarta-feira, 26, o prefeito Anedino Pereira, de Colorado do Oeste, esteve na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), em Brasília, onde protocolou junto ao diretor geral do órgão, Jorge Ernesto Pinto Fraxe, projeto de construção de um anel perimetral.

O abra tem por finalidade desafogar o trânsito de veículos pesados – ônibus e caminhões no centro da cidade de Colorado.

De acordo com o prefeito, a negociação com governo federal já esta bem adiantada, e a obra está prevista para ter aproximadamente 5 km de extensão.

O trajeto já está pré-estabelecido, iniciando na Rua Guaicurus, próximo à Faculdade, sentido Madeireira Camaru, passando por um pequeno trecho da Avenida Amazonas, seguindo pelas Ruas Bororo (Madereira Rondinha), Tietê, Tupi e, finalmente, Avenida Rio Branco, ligando a Rodovia 435, sentido Cabixi/Cerejeiras.

Atualmente, segundo o chefe do executivo municipal, Colorado vem sofrendo com o intenso trânsito de carretas, principalmente as do tipo bi-trem, já que o município é única rota para o transporte de soja, milho, gado e outros produtos que vem das demais localidades do Cone Sul rondoniense, causando diversos transtornos ao trânsito municipal e, até mesmo, danificando diversos pontos da pavimentação asfaltica urbana. “A estimativa é de que o anel viário otimize o trânsito, reduzindo o tempo de deslocamento para os motoristas, representando a melhoria na logística, na segurança e mais conforto para os trabalhadores e moradores das áreas que eram intensamente utilizadas por esses veículos”, finalizou Anedino.

Obra será construída no cruzamento entre a rua Guaicurus e a avenida Paulo de Assis Ribeiro
Obra será construída no cruzamento entre a rua Guaicurus e a avenida Paulo de Assis Ribeiro

Texto: Extra de Rondônia

Informações e Foto: Assessoria

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO