Vereadores recuam e engavetam auxílio-alimentação de R$ 500,00 em benefício próprio em Colorado

Arquivado em: Conesul |

 

Em sessão ordinária realizada na noite de segunda-feira, 10, na Câmara Municipal de Colorado do Oeste, oito dos 11 dos parlamentares deram um “tiro no próprio pé”, ao desistir da aprovação de um projeto polêmico.

O vereador Ataíde Ribeiro Gonçalves (PV), popular “Avezão”, falou com a reportagem do Extra de Rondônia, via telefone, e explicou o que aconteceu na sessão plenária.

De acordo com Avezão, o projeto previa instituir o valor de R$ 500,00 em auxilio-alimentação para os próprios vereadores e partiu da iniciativa do vereador Fabio da Silva Souza (PDT) – com apoio de seus colegas Marta Barkauskas Dias (DEM), Moacir Rodrigues de Souza (PDT), Gercino Garcia Sobrinho (PMN), Martinho de Souza Rodrigues (MDB), , Claudair da Silva (PRB), Natálio Silva dos Santos (PP) e Ronaldo Rodrigues (PTB).

Contrário ao projeto, Avezão disse que o recurso poderia ser melhor aproveitado com o repasse a entidades carentes do município. Além disso, o vereador sugere que o dinheiro também poderia ser investido em melhorias no prédio legislativo. Ele usou a tribuna legislativa para justificar seu posicionamento.

Entretanto, na sessão, os parlamentares perceberam que a iniciativa “pegaria mal” para eles, pois os servidores do município recebem apenas R$ 100,00 de auxilio, e os funcionários da Câmara R$ 500,00. Com isso, a vereadora Marta, aliada de Fábio, pediu para que o projeto fosse retirado da pauta.

Manifestaram-se contra o projeto o presidente da Casa, Evandro Guimarães Prudente (PDT), e os vereadores Rudi Romeu Naue (PPS), Ataíde Ribeiro Gonçalves (Avezão).

Avezão disse que o recurso poderia ser melhor investido com o repasse a entidades carentes do município

Texto: Extra de Rondônia
Fotos: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO