Mais gestão 728×90

 

Paulo Cardoso Morais de 65 anos morreu na tarde da última quinta-feira 31, após passar por um procedimento cirúrgico para retirada de um nódulo na cabeça na cidade de Cuiabá.

O pioneiro trabalhou durante muito anos na Secretaria Municipal de Saúde, e se aposentou como motorista de ambulância do hospital de Colorado.

Paulo era membro da Igreja Congregação Cristã, atualmente residia em Vilhena e trabalhava com vendas de produtos de limpeza. O coloradense era casado e deixa dois filhos.

O corpo do pioneiro será velado em sua residência, localizada no Bairro Orleans, Vilhena. O sepultamento ocorrerá no domingo de manhã.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Álbum de família

detran 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO