Foto: Divulgação

No Domingo (13) a Associação dos Praças da Policia Militar de Rondônia – ASSFAPOM, emitiu uma nota informando que, com base em informações desencontradas e mal interpretadas, houve um alvoroço em várias localidades do nosso Estado.

O conselho de associações se reuniu com os representantes do Governo de Rondônia, sendo SEPOG e Casa Civil na última sexta feira 11 de junho de 2021 nas dependências do CPA.

Após várias horas de tratativas, ficou definido que a partir daquela data seriam contados exatos 15 dias para que o Governo apresentasse de forma enfática o valor oferecido como reposição salarial para a Polícia e Bombeiro Militar de Rondônia.

Desta forma, a Associação solicitou a compreensão no intuito de findar com as discussões, pois isso gera divisão que consequentemente se transforma em separação da tropa.

ASSFAPOM disse que formou o Conselho de Associações para evitar divisões e não personificar o movimento para que não houvesse especulações politiqueiras. Mas no tocante a essa divergência entre esposas que só está enfraquecendo o movimento como um todo e colocando em risco o que foi já avançado como;

1 – Extinção do curso de cabo

2 – Promoção à sgt dos militares que já completaram o tempo

3 – Enviar para a Assembleia Legislativa o PL com as alterações da 1063

4 – Auxílio Covid para todos os militares escalados

5 – Análise da decisão federal sobre a alíquota (ainda em análise)

6 – Apresentação de três planos de reajuste no dia 26 pela equipe econômica para o Governador e consequente apresentação para o conselho.

A associação destacou que, “Infelizmente essa situação que está instalada é exatamente o que a outra parte quer que aconteça. Sendo assim, pedimos paciência à todas as esposas, pois são nossas famílias e nosso esteio. Não pedimos que saiam da frente dos quartéis, mas sim que não impeçam as viaturas de transitarem.” Frisou.

O prazo pedido pelo Governo de Rondônia acaba em 13 dias, a ASSFAPOM afirmou se nesta data não obtiverem resposta convincente e que agrade a tropa, através de assembleia, o Conselho de Associações não fará mais tratativas com o Governo de Rondônia.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO