Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

 

multa-capaO morador da cidade de Jaru, Mauro Mendes da Silva, proprietário de uma motocicleta Honda Pop 100, foi surpreendido nesta terça feira (10), ao ser informado na Ciretran local, que ele teria levado uma multa, aplicada em 03 de agosto de 2013, na cidade de Porto Velho, por transitar com sua motocicleta sem o uso de cinto de segurança.

O absurdo sofrido por este condutor não para por aí, pois esta seria a segunda vez que Mauro Mendes, teria sido autuado desta mesma forma, sendo a primeira vez em abril de 2011, ocasião em que a multa foi aplicada em uma outra motocicleta que ele possuía, uma Honda Biz 125,  multa a qual ele recorreu e a cancelou, mas estranhamente não teve reavido os cinco pontos perdidos em sua CNH.

Mauro Mendes, destacou a nossa reportagem que nas duas situações não esteve em Porto Velho, e muito menos com as referidas motocicletas, uma vez que seria totalmente inviável se deslocar a capital com uma Pop 100.

O cidadão ainda nos relata sua total indignação e insatisfação com a guarda municipal de trânsito da capital, que se não bastasse ter cometido este erro uma vez, novamente lhe prejudica causando transtornos e despesas. Mauro disse que teme perder novamente cinco pontos na carteira e não conseguir reaver.

O mais revoltante em tudo isso, é que o cidadão prejudicado terá que se deslocar a Porto Velho para realizar sua defesa, e tentar provar e convencer as autoridades de trânsito daquela cidade, que não existe cinto de segurança em motocicletas e que ele e seu veiculo se quer estiveram lá.

Estas e outras situações que levam os cidadãos de bem, a suspeitarem da existência da indústria da multa e das supostas cotas a serem atingidas por agentes de trânsitos. 

multa-1

multa-2

multa-3

Fonte e Fotos: Vip Notícias

 

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO