dengue 728×90 – 2

tor 2capaNa tarde dessa terça-feira, 15, foi realizada a entrega de 150 tornozeleiras eletrônicas na Colônia Penal e no Presídio Feminino de Vilhena.

De acordo com o diretor das unidades prisionais, Fernando Viana, 72 detentos do regime semi-aberto já receberam o equipamento e poderão cumprir o restante da pena em suas residências. “Em Vilhena, 101 detentos vão receber o equipamento, sendo 5 mulheres e 96 homens”, informou Fernando.

As tornozeleiras eletrônicas entregues foram repassadas para as unidades prisionais de Vilhena pela Secretaria de Estado de Justiça de Rondônia (Sejus).

Segundo o engenheiro eletricista responsável pela gerência da equipe de monitoramento da Sejus, Adriano Fortunato, os equipamentos emitem um sinal constante à central, e se for violado ou o apenado estiver fora da zona de inclusão autorizada judicialmente, prontamente unidades de monitoramento são acionadas.

Adriano explicou que caso o detento tente danificar o equipamento será emitido um alarme e o último local onde o apenado esteve é registrado. Conforme Adriano, o instrumento de segurança visa dar maior controle aos órgãos públicos sobre os apenados. “Essas tornozeleiras vão contribuir para a reinserção social do apenado, pois vai proporcionar que eles fiquem mais tempo com a família. Antes eles tinham que dormir todas as noites na Colônia, e também passar os fins de semana aqui. Agora eles vão poder ficar em suas casas sendo monitorados apenas eletronicamente”, explicou Fernando.

tor 1

tor 3

Autoridades policiais acompanharam a palestra sobre as tornozeleiras eletrônicas
Autoridades policiais acompanharam palestra sobre o uso das tornozeleiras eletrônicas

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

dengue 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO