Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Estamos em guerra 468×60

urnaAs convenções partidárias, nas quais serão escolhidos os nomes para disputar as eleições para deputados estadual, federal, senador, vice-governador e governador encerram-se na próxima segunda-feira, 30. Mesmo no fim não há nenhum posicionamento definitivo por parte das legendas. Há dezenas de pré-candidatos, porém nada concreto, nenhum nome que possa ser considerado a representatividade de qualquer partido.

O que motiva essa indecisão são os fatores preponderantes, atualmente, para a indicação de um candidato à aprovação popular. O número de “figuras carimbadas” da política rondoniense que estão fora destas eleições é alto, e o eleitor, bem como os partidos, estão receosos em apontar um ou outro como favorito ao cargo.

Na região do Cone Sul há vários pré-candidatos, entre eles, a estadual, estão Rosângela Donadon (PMDB) Marcio Donadon, o marcinho (PMDB), Anedino Pereira (PP), o presidente da Câmara de Vereadores de Vilhena, Vanderlei Graebin (SDD), o empresário Rogério Barrela (DEM), Ezequiel Neiva (PMDB), o deputado Luizinho Goebel (PV) disputando a reeleição, e o empresário Vilson Moreira (PDT). Muito já desistiram ao longo das negociações.

Já no quadro estadual o número de possíveis candidatos é menor, porém a disputa pela vaga é maior. O vice-presidente da Câmara de Vereadores de Vilhena, Junior Donadon (PMDB) está na lista, bem como a primeira-dama de Vilhena, Lisângela Rover (PP), o filho do ex-deputado federal, Natan Donadon, que leva o nome do pai, e está no PTB; além do empresário Vilson da Martendal (PV). A partir da semana que vem os pretensos serão escolhidos.

 

Fonte: Extra de Rondônia

Texto: Da Redação

Foto: Divulgação

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO