juriPor falta de provas, o júri popular absolveu ao final da manhã desta quarta-feira, 19, a dupla acusada de assassinar o jovem Douglas Gregori Cadene Carvalho, 22 anos, o “Todinho”, em 14 de Março de 2014, em Vilhena.

Na ocasião a vítima estava com amigos numa residência da Avenida 1713, no bairro Jardim Primavera, casa que era utilizada para consumo de drogas, quando chegou dois homens numa bicicleta e executaram o jovem.

Todinho foi atingido por três disparos, sendo socorrido ainda com vida ao Hospital Regional por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros. Logo após dar entrada no ambulatório a vítima morreu.

INVESTIGAÇÕES

As investigações realizadas pela polícia apontaram dois suspeitos como sendo autores do homicídio. Seriam eles Clésio Eli Paulino e Júlio Pereira Gomes, o “Piá”, que estavam foragidos.

No entanto dias após o crime a dupla caiu, um de cada vez, após o Serviço do Núcleo de Inteligência da Polícia Militar (NI) receber informações do paradeiro dos acusados.

JULGAMENTO

Levados a júri popular pelo homicídio, a dupla que negou participação desde o início no crime, foi absolvida por insuficiência de provas e negativa de autoria.

A juíza Liliane Pegoraro Bilharva revogou a prisão preventiva e pediu o alvará de soltura de ambos os réus.

Leia mais sobre o assunto nos links abaixo:

http://www.extraderondonia.com.br/2014/03/14/jovem-e-executado-com-tres-tiros-no-jardim-primavera/

http://www.extraderondonia.com.br/2014/03/16/nucleo-de-inteligencia-prende-suspeito-de-homicidio/

http://www.extraderondonia.com.br/2014/03/25/pia-foragido-da-justica-e-capturado-por-policiais-do-ni/

jovem morto
Douglas Gregori Cadene foi assassinado em 14 de Março de 2014

 

Texto: Extra de Rondônia

Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO