Os menores estava na DPC como se estivessem em casa; tranquilos
Os menores estava na DPC como se estivessem em casa; tranquilos

Mais uma vez a ação rápida da Polícia Militar apreendeu dois menores que furtaram um aparelho celular de um pedestre.

De acordo com Boletim de Ocorrência, o crime ocorreu na Avenida Tancredo Neves, nas proximidades do estádio municipal, no começo da madrugada desta sexta-feira, 5, por volta das 00h04, no bairro Jardim Eldorado, em Vilhena.

A vítima relatou aos militares que transitava com sua bicicleta, quando dois homens se aproximaram numa moto Biz de cor preta, o carona fez menção de estar armado e ordenou que a vítima entregasse o aparelho celular.

Com medo, a vítima entregou um aparelho da marca Samsung. Após pegar o celular, o ladrão ainda desferiu um tapa no rosto da vítima, em seguida montou na moto e empreenderam fuga sentido escola Zilda da Frota Uchoa.

De posse das informações, várias viaturas saíram em diligências, localizando os suspeitos na Avenida Celso Mazutti com a BR-174. Ao abordá-los constatou-se que eram menores de idade.

A moto, uma Honda Biz C 100 de cor preta placa NCX-8869/Vilhena. Ao consultar no sistema constatou que o veículo era produto de furto ocorrido no dia 25 de maio, em frente à escola Wilson Camargo.

Diante dos fatos, os adolescentes foram encaminhados para a Delegacia e Polícia Civil (DPC) e identificados como M.D.C.B.A; de 17 anos, e L.H.O.C; de 15 anos. M.D; confessou que foi ele quem furtou a motocicleta em frente à escola. Eles foram apresentados ao comissariado de plantão para providências cabíveis.

Moto que o menor M.D; confessou ter furtado
Moto que o menor M.D; confessou ter furtado
Chave micha e uma faca de sera que o meno usou para furtar a moto
Chave micha e uma faca de serra que o menor usou para furtar a moto

0001

Texto e Fotos: Extra e Rondônia

 

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO