Osvaldo alegou legítima defesa e vai responder pelo crime em liberdade
Osvaldo alegou legítima defesa e vai responder pelo crime em liberdade

O agricultor Osvaldo Cardoso, suspeito de matar a pauladas o jovem cerejeirense Lucas Ferreira Batista, de 21 anos, no último dia 19, na cidade de Campo Novo dos Parecis – Mato Grosso, prestou depoimento nesta terça-feira, 23, à Polícia Civil.

Segundo Osvaldo, a filha de 15 anos, ficou grávida depois de ser estuprada pelo rapaz. Porém, amigos e parentes de Lucas afirmam que entre eles haviam um relacionamento, fato que a família da adolescente nega.

Na ocasião, a família da garota registrou ocorrência na delegacia, mas as investigações não avançaram.

No dia do homicídio, a vítima teria ido levar roupinhas para o bebe, porém, ele e Osvaldo se desentenderam e entraram em luta corporal, Osvaldo se apossou de um pedaço de madeira e desferiu três pauladas na cabeça de Lucas.

O delegado André Luiz Barbosa, disse que a versão da família da adolescente foi esclarecedora. A garota acusou Lucas de ter colocado algum tipo de droga em sua bebida numa festa e depois a teria estuprado.

Segundo a adolescente, ela foi numa festa sem o consentimento de seus pais, e lá teria sido dopada e adormeceu, quando acordou estava com dor nas partes íntimas. Meses depois descobriu que estava grávida. Lucas ficou sabendo e foi tentar assumir o filho, explicou o delegado.

Osvaldo não foi preso, se apresentou espontaneamente. Por isso irá responder pelo crime em liberdade. Porém ele poderá ser indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

O delegado vai ouvir outras testemunhas, inclusive membros do Conselho Tutelar que na época teria atendido a adolescente, quando ela disse que tinha sido vítima de estupro.

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Reprodução Facebook

 

 

 

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO