Usinael Souza Abiorana, 49, e uma mulher identificada apenas como Lúcia, de aproximadamente 45 anos foram mortos cruelmente com tiros na cabeça e tiveram os corpos carbonizados.

Os cadáveres do casal foram encontrados na tarde deste domingo (22), em uma propriedade rural, localizada na linha 17 da BR-319, Gleba Cuniã, a cerca de 32 quilômetros após a ponte do Rio Madeira, em Porto Velho.

De acordo com informações apuradas no local pelo Rondoniaovivo, Usinael trabalhava como caseiro na chácara há quase um ano e recentemente a propriedade teria sido furtada. Segundo a polícia, o patrão de Usinael teria localizado o suspeito do furto e desferido alguns golpes de facão nele.

Em virtude do ocorrido, existem fortes indícios de crime motivado por vingança. Lúcia foi executada com um tiro de espingarda no rosto e Usinael na nuca. A casa de palha que as vítimas moravam foi queimada e o casal teve 90 % do corpo carbonizado.

Equipes da Polícia Militar, Instituto Médico Legal, Perícia Técnica e agentes da Delegacia de Crimes Contra a Vida estiveram no local realizando os trabalhos necessários. O duplo homicídio cruel já está sendo investigado.

 

 

Fonte: Rondoniaovivo

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO