Por volta das 23h00 de terça-feira, 22, uma guarnição da Polícia Militar se deslocou até uma residência localizada na Rua Otávio José dos Santos, no Jardim América, em Vilhena, onde, segundo informações, estaria ocorrendo um roubo com reféns.

Já no local, os militares avistaram o momento em que dois suspeitos, que estavam no interior do imóvel, pularam o muro dos fundos, tentando fugir por terrenos baldios, porém, após fecharem o cerco, com o apoio de demais guarnições da Polícia Militar de Trânsito (P-Tran) e do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO), os policiais lograram êxito em capturar Andrei Ferreira Souza, de 18 anos, e próximo a ele, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas no tambor, que segundo o mesmo, teria jogado durante a tentativa de fuga. Já nas vestes de Andrei, foi localizada a quantia de R$ 5 mil em espécie, um aparelho celular, dois cordões de ouro com pingente e um molho de chaves.

Já o segundo suspeito, identificado como Deividy Lucas Alves Macedo, também de 18 anos, foi localizado na Avenida Curitiba, escondido nos fundos da residência, alvo do assalto. Em posse do infrator, os militares encontraram a quantia de R$ 389,00, um canivete, seis munições calibre 38 intactas, uma balaclava e um par de luvas.

Ao serem colocados frente a frente com os dois infratores, as vítimas, além de reconhecer todos os objetos encontrados com os suspeitos como sendo de propriedade das mesmas, inclusive o revólver calibre 38, afirmaram que os agentes tinham sido responsáveis em manter a família refém, enquanto um terceiro indivíduo, que solicitado por eles, foi até o imóvel e retirou da garagem uma caminhonete Hilux, com placas de Tangará da Serra/MT, chegasse com o veículo até a cidade de Vila Bela, também no Mato Grosso.

Diante dos relatos das vítimas, que também apresentaram aos militares uma espingarda calibre 28, que havia sido abandonada pelos meliantes em cima do sofá, após se apossarem da arma pessoal de uma delas, foi feito contato com a Polícia Militar de Comodoro/MT, que realizou uma barreira na BR-364, porém, a guarnição do PATAMO, seguiu em direção à referida cidade e conseguiu acompanhar a Hilux antes que o condutor chegasse até a barreira.

O infrator, que conduzia o veículo, mais tarde identificado como Erivaldo da Silva Vieira, de 27 anos, se recusou a obedecer às ordens de parada da guarnição e chegou a jogar a caminhonete contra a viatura policial do PATAMO e contra os militares do Mato Grosso, que haviam descido do veículo para realizar a barreira na BR.

Diante da ação do infrator, foi efetuado pela guarnição de Comodoro, um disparo de fuzil 5.56 contra a caminhonete, no intuito de atingir um dos pneus e seguidamente mais dois de .40, efetuados pela guarnição de Vilhena, até que finalmente o agente pôs fim a fuga, saltando do veículo ainda em movimento, sofrendo escoriações pelo corpo. No interior da caminhonete foi localizado apenas um capacete de cor preta.

Ainda no local onde deu início a ocorrência, os militares foram informados pelos agentes Deividy e Andrei, de que um quarto infrator teria ficado com a responsabilidade de levá-los ao imóvel e buscá-los após o crime. Em diligências pelas proximidades, Ricardo da Silva, de 24 anos, foi localizado em um veículo Pálio de cor prata, com placas NBD-0838, de Rolim de Moura, parado na Avenida Belo Horizonte, no Jardim das Oliveiras. Em buscas no interior do automóvel, foram encontrados outro capacete de cor preta, uma balaclava, uma corda e uma porção de cocaína pesando cerca de três gramas.

Após a chegada da guarnição do PATAMO com o infrator capturado com a caminhonete, por fim, os quatro agentes, assim os dois veículos e todo o material apreendido, foram apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) para o registro da ocorrência.

Nenhuma das vítimas foi ferida durante ação, no entanto, um dos militares sofreu escoriações nos braços ao saltar o muro do imóvel em perseguição aos infratores.

 

Texto e Fotos: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90