aftosa 728×90

 

Dados do Setor de Estatísticas da Delegacia de Polícia Civil de Vilhena (DPCV) apontam que de janeiro a novembro de 2018, houve um aumento de quase 28% no número de furtos e roubos de veículos, com relação ao mesmo período de 2017. Foram registradas 109 ocorrências em 2017 e 140 em 2018.

As estatísticas apontam ainda, que os veículos mais requisitados pelos ladrões são motocicletas.

Dos casos registrados, 17 foram no Bairro Jardim Eldorado, que ficou com a primeira posição, seguido do Centro, com 14 e Cristo Rei, com 10.

O Jardim Eldorado e o Centro, que são considerados os bairros mais nobres de Vilhena entraram na lista dos mais perigosos, por dois anos consecutivos. Já os bairros mais tranquilos, de acordo com as pesquisas de furtos e roubos de veículos, são 5º Bec, Bairro União, Barão do Melgaço II e III, Marcos Freire, Setor 8 e Alto dos Parecis, que durante os 11 meses, registraram apenas um caso cada. Já o Setor 17, Parque São Paulo, Alto Alegre, Cidade Verde, Embratel e Moisés de Freitas registraram duas ocorrências cada.

Confira o número de furtos de veículos registrados por bairro de janeiro a novembro de 2018.

 Jardim Eldorado17
Centro14
Cristo Rei10
Jardim América9
Bodanese6
Setor 225
Jardim Primavera5
Jardim das Oliveiras4
BNH4
Setor 194
Alto Alegre3
São Jose3
Setor 173
Bela Vista2
Embratel2
Cidade Verde2
Moises de Freitas2
Parque São Paulo2
5º BEC1
Nova Vilhena1
Boa Esperança1
Barão do Melgaço II1
Barão do Melgaço III1
Setor 81
BR-3641
Área Rural1
Fonte: Setor de Estatísticas da Polícia Civil de Vilhena

Coletado: 09/01/2019

 

Texto e foto: Extra de Rondônia

aftosa 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO