Mãe e filha foram rendidas por homens armados após evento na Guarda Mirim/Foto: Divulgação

O assalto aconteceu por volta das 23 horas do sábado,11, nas imediações do CEEJA, no Jardim América, e a brutalidade da abordagem chocou as vítimas.

Elas retornavam para casa após participarem de evento realizado na sede da Guarda Mirim, onde a adolescente é aluna, quando foram fechadas por dois homens que estavam também de motocicleta. Violentos e alterados, os bandidos chegaram a colocar uma arma contra a cabeça da garota, de apenas 12 anos.

Os assaltantes renderam G.B.S.A.S., de 40 anos, que vinha com a filha S.B.S., 11 anos, na garupa de uma motocicleta modelo Biz 125, de cor vermelha, placas OHO 5975. Após a abordagem violenta, exigiram que as duas entregassem a moto, além de celulares e documentos.

Tudo aconteceu muito rápido, aos gritos, e sempre com as duas sob a mira de armas. Elas ficaram extremamente abaladas com o ocorrido, e o fato gerou revolta da família e conhecidos. A vítimas não tiveram tempo para gravar na memória detalhes da aparência dos bandidos ou da moto em que eles estavam, exceto que o veículo era de cor escura.

O roubo foi registrado na UNISP e os dados do veículo já estão no sistema de rastreamento do DETRAN. As vítimas são familiares de um jornalista da cidade, cujos colegas estão mobilizando neste domingo ampla campanha de divulgação de compartilhamento de informações com seus contatos de imprensa e polícia nas redes sociais, o que pode contribuir para a recuperação dos bens roubados e captura dos criminosos.

 


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO